sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

shoes addicted

Pois cura. Eu que o diga. Nas últimas três semanas, comprei três pares de sapatos: duas sandálias da colecção nova da Zara, e uns botins na H&M. Porque precisava? Qual quê, eu sou a versão pobre da Imelda Marcos! Tenho tantos sapatos que, sem sítio onde os guardar, já me chegam quase ao pé da cama! Mas, quando chego a casa com um novo par, sinto-me rejuvenescida; nasço de novo. Há todo um mundo de possibilidades que se abre com aqueles sapatos: vou poder construir mil looks, inventar coordenados, usar aquele vestido que está há anos no armário... Os sapatos são o meu maior ponto fraco. Tenha dois quilos a mais ou esteja no ponto, eles ficam sempre bem com tudo. E, hoje em dia, as lojas têm cada vez mais modelos giros, a bons preços, e de qualidade razoável. Por isso, substitui a aquisição desenfreada de malas (que comprava à mão cheia), por sapatos. E, sim, isso deixa-me muito feliz.

2 comentários:

choogal disse...

I'll join your club :P Subscrevo totalmente o que escreveste, sapatos são o meu maior vício. No meu caso são quase sempre de salto alto (mesmo alto) ou botas, fica sempre bem. E tenho a mania de quando estou num dia mau tenho sempre de calçar os mais fabulosos do armário eheh. Sapatos são definitivamente o melhor ego booster...
xoxo

Ninhas disse...

Tenho medo por mim....
O meu armário cheio de malas diz-me que qq dia terá de ser partilhado!!!

P.S.- ODEIO sapatos de inverno!!!